Presidente do SIFAM pede mais investimento no servidor da Sefaz-AM

Afonso Lobo agradeceu o SIFAM pelo resultado positivo quanto ao processo da Produtividade dos servidores

O secretário da Secretaria de Estado da Fazenda do Amazonas (Sefaz-AM), Afonso Lobo, apresentou um balanço do ano de 2016 para os servidores e agradeceu o desempenho de todos. “Sem vocês o Estado do Amazonas não estaria como um ponto fora da curva no cenário nacional”, afirmou Lobo destacando a situação favorável do Amazonas em relação aos outros Estados no momento de crise do Brasil. Os investimentos nos servidores, porém, não foram significativos este ano e o presidente do SIFAM, Emerson Queirós, cobrou mais ações neste ponto por parte da Secretaria.

20161229_111451

“Tem se creditado muito no fator máquina e se tem esquecido que alguém vai ter que apertar aquele botão lá para fazer as coisas acontecerem, então eu peço para o secretário da Fazenda, da Receita, que vejam o lado humano, especialmente agora que produtividade foi considerada legal nós todos temos total interesse que em 2017 tenha o maior incremento possível até porque nós seremos beneficiados com isso”, disse o presidente durante a apresentação do balando do ano de 2016, realizado nesta manhã, no auditório da Sefaz-AM.

whatsapp-image-2016-12-29-at-11-42-19

O secretário Afonso Lobo ressaltou a importância do SIFAM para que a produtividade dos fazendários fosse considerada legal. “Nos estávamos com uma espada sob as nossas cabeças que era uma decisão do Tribunal de Contas do Estado sobre o nosso processo de aposentadoria. Nós vinhamos, constantemente, recebendo decisões do Tribunal no sentido de não reconhecer a nossa produtividade como legal e consequentemente o entendimento era que a produtividade tinha que ser excluída dos nossos ganhos quando nos aposentássemos e isso seria uma tragédia. Pessoalmente, eu estava muito preocupado porque estou mais próximo de me aposentar do que muita gente aqui. Então, houve toda uma articulação com os sindicatos, o SIFAM foi fundamental nesse processo e graças a Deus conseguimos uma decisão favorável do tribunal pleno de forma definitiva”, explicou Lobo e enfatizou: “Quero agradecer pessoalmente o SIFAM que foi bastante combativo nesse processo”.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.