Carta aberta a todos os públicos do SIFAM

Após três anos que vão servir de marco para a história do sindicato, a gestão “Fisco Forte é Fisco Unido” está se encerrando. Foi um esforço incansável na ação sindical e só acrescentou valor e relevância ao trabalho realizado por todos.

Uma importante etapa histórica foi vencida: o SIFAM se tornou um sindicato forte, atuante, representativo e órgão consultor. O próximo desafio será o de manter as conquistas até aqui obtidas e promover os avanços necessários em sintonia com os novos tempos, tarefa que não será possível se for realizada por uma só pessoa. A unidade é critério mais que imprescindível para qualquer gestão sindical daqui para a frente.

Como ator sindical, o SIFAM pôde oferecer-se em parceria com a Astate/Sindtate, Affeam, Sinfazfisco, Sindifisco, Conacate, Amazonprev, Pública Central, Febrafisco, Sispeam, e Corecon, entre outros, na construção de soluções transformadoras em benefício do servidor. Com essas entidades, a Diretoria Executiva buscou o consenso, trabalhando os pontos de convergência e deixando de lado os interesses meramente corporativistas em busca de um interesse maior de salvaguarda e valorização do serviço público.

A gestão “Fisco Forte é Fisco Unido” também reconhece e agradece a todas as entidades que acreditaram no fortalecimento da imagem institucional do sindicato e firmaram convênios com o SIFAM, promovendo serviços de qualidade a preços exclusivos para filiados.
Foi uma experiência rica, uma satisfação e uma honra ter trabalhado com todos eles ao longo da nossa gestão. Ideia que merece integral apoio e continuidade por muitos anos.

Mais que fechamento e abertura de ciclos, a gestão “Fisco Forte é Fisco Unido” representa a ampliação dos processos de transformação adotados no SIFAM nos últimos anos, para os quais foram imprescindíveis o talento e a dedicação de dezenas de colegas, dirigentes e sindicalizados, nas diversas etapas de cada um dos desafios encarados pela entidade.

Neste mandato busquei pessoalmente uma ampla abertura, um arejamento a partir de metas traçadas, e conseguimos sair da zona de conforto para lutar em busca das melhorias desejadas para a categoria como um todo. Houve momentos em que tivemos igualmente de superar resistências de toda sorte, internas e externas.

Da minha parte, sei que como presidente nem sempre pude agradar a todos, mas me esforcei para sempre trabalhar pela causa maior – a dos nossos filiados, algo em que logrei êxito, haja vista que tivemos um mandato fecundo e edificante.

No ajuizamento de ações e requerimentos, buscamos alternativas a impasses, derivados do “passivo legal” que tivemos de reconstruir após gestões anteriores que relegaram o SIFAM ao atraso e ao total descompasso do sindicalismo moderno.

A gestão “Fisco Forte é Fisco Unido” elevou a qualidade da imagem e do comprometimento sindical do SIFAM que atinge hoje uma posição de referência no cenário nacional, o que só aumenta a importância do trabalho e das atitudes de cada um de nós daqui para frente. Esse protagonismo se vinculou na organização, na proposição e na defesa de debates de ideias e temas de relevância e interesse dos fazendários: negociação coletiva, conselho fiscal e administrativo do órgão previdenciário do Estado, assumimos a liderança na voz da Pública Central do Servidor Amazonas.

A ampliação no número de sindicalizados é um exemplo que reflete a confiança depositada em todos nós pela categoria. Evoluímos e avançamos, sem dúvida. Mas, temos consciência também que esta deve ser uma preocupação e prática permanentes, que não se permite retrocessos. Este é o desafio para a próxima gestão e as outras que se sucederem.

Expandimos significativamente nossa presença nas mesas de negociações de acordos e na participação de debates de temas relevantes para a entidade e os servidores, como o processo da URV (prestes a ser paga!), pagamento das Progressões Funcionais atrasadas e dos prêmios por produtividade, defesa de aposentadorias e direitos adquiridos etc.

Com responsabilidade, muito trabalho e talento, tornamos essa proatividade uma prática no SIFAM e tenho grande satisfação em poder afirmar isso. Gostaria de lembrar a responsabilidade que assumi no primeiro dia daquele distante abril de 2016, no ato de posse: “assumo o compromisso de defender os interesses de todos os Fazendários indistintamente”.

Para cumprir essa missão, pude contar com a valiosa ajuda dos demais membros da chapa, Aline Castelo Branco (vice-presidente), Ruy Barbosa Violante (Diretor Jurídico), Sidney Chagas (Diretor Financeiro), Ernesto Costa (Diretor de Imprensa), Bruno Paixão (Diretor Administrativo), Linda Lins (Diretora Social), Rodrigo Barreto (Secretário-Geral) e in memoriam Raimundo Nonato (Diretor de Formação Sindical).

Estendo ainda meus sinceros agradecimentos pelo zelo, dedicação e recomendações sempre muito válidas ao Conselho Fiscal, sob o comando de Shirley Assis. A cada um dos colaboradores do SIFAM, peças fundamentais nesse período de mudança, que com muita garra e espírito de equipe desenvolveram trabalhos que resultaram no sucesso da gestão “Fisco Forte é Fisco Unido”.

Enfim, o resultado dos esforços empreendidos por todos os que participaram direta ou indiretamente da gestão “Fisco Forte é Fisco Unido”, que ora se encerra, é um Sindicato com muita percepção estratégica, atuação pujante na consultoria tributária preventiva e com maior número de sócios e ações concretizadas.

Encerro esta manifestação não na forma de despedida. Pelo contrário, saúdo os colegas que irão assumir o leme do barco nos próximos anos, me colocando à disposição para ajudar na continuidade de um trabalho inesquecível que tive a honra de liderar nos últimos tempos.

Emerson Queirós
Presidente

You may also like...

3 Responses

  1. Prof. Girao diz:

    Parabens a todos dessa gestão. Marcante e eficaz.
    Sugiro uma reunião desta com a nova para a passagem de comando e das linhas dd ação ainda em andamento. Tambem participando a comissão dd negociacao da URV

  2. Augusto Bernardo Cecílio diz:

    Parabéns, Sifam! Parabéns, presidente Émerson e Diretoria pelo excelente trabalho desenvolvido.
    Sempre comentei a forma rápida, desburocratizada e competente dessa gestão no enfrentamento dos problemas e na forma como as questões foram tratadas e encaminhadas.
    Mais do que isso, souberam fazer parceiros e construir pontes.
    Fica aqui o meu reconhecimento e o meu agradecimento.
    Parabéns!

  3. Linda Lins diz:

    Foi uma honra fazer parte dessa equipe. Os avanços são plenamente visíveis, tanto no plano estrutural, patrimonial e financeiro, quanto nas lutas por direitos. Parabéns, Presidente Emerson!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *